Wybierz format pliku, który chcesz pobrać

FILME - Joanna Francesa 1973

Dodano: 2017-02-03

Wyświetleń: 23088

Czas trwania: 01:48:19

Podstawowe formaty

Dodatkowe formaty

Opis materiału FILME - Joanna Francesa 1973


                  Joanna Francesa é um filme de drama de 1973, coprodução brasileira / francesa, escrito e dirigido por Cacá Diegues. Direção musical de Chico Buarque e Roberto Menescal, com temas cantados por Jeanne Moreau, Nara Leão e Fagner.[1] Locações em União dos Palmares, Alagoas.[2]

Índice  [esconder] 
1 Elenco
2 Sinopse
3 Prêmios
4 Referências
5 Ligações externas
Elenco[editar | editar código-fonte]
Jeanne Moreau ... Joana
Eliezer Gomes ... Gismundo
Carlos Kroeber ...Coronel Aureliano
Ney Santanna ... Honório
Tetê Maciel ... Dorinha
Helber Rangel ... Lianinho
Beto Leão ... Ricardo
Lélia Abramo ... Dona Olímpia
Leina Krespi ... Das Dores
Pierre Cardin ... Pierre
Rodolfo Arena...Padre Seixas
Rui Polanah...Coronel Lima
Rogério Polli...Lima mais moço
Tonho...menino
Angelito Mello...Tio Julio
Manfredo Colassanti...amigo no bordel
Ana Maria Magalhães...amiga no bordel
Fernanda Montenegro ... Joana (voz)
Antônio Pitanga...amigo no bordel
Vitor Rapozeiro (dublagem)
Roberto Melo Leite (dublagem)
Sinopse[editar | editar código-fonte]
Em outubro de 1930 Jeanne é uma francesa dona de prostíbulo em São Paulo, quando resolve aceitar a proposta do Coronel Aureliano, cuja esposa está moribunda, e deixa tudo para acompanhá-lo até seu Engenho de açúcar Santa Rita, no interior de Alagoas. Ao chegar lá, conhece a família do Coronel, seus filhos incestuosos, a sogra dominadora, e a rivalidade política e econômica com os Lima, que constroem uma usina e deixam o Coronel com sua antiga plantação à beira da ruína.

Prêmios[editar | editar código-fonte]
Troféu APCA

Melhor Música - Chico Buarque e Roberto Menescal - 1974
Melhor Roteiro Original - Cacá Diegues - 1974
Referências                

Komentarze


Gabriel V
Gosto muito desse filme, fico feliz em encontrá-lo aqui... A canção de Chico Buarque ficou linda!
silviopqueiroz
Este filme apareceu no youtube, há anos, porém, foi retirado pouco depois. Parabéns pela nova postagem!
Rafael Peretta
Ótimo filme! No entanto não entendi a sinopse.
Paula Monteiro
Obrigada por postar.
Paula Monteiro
Essa mulher foi pior que o cão pra destruição,depois que ela chegou só deu em disgraça .
Ana Rosa Barbosa
Essa canção é fantástica, Chico Buarque é um gênio.
Graça Lima
lindissimo flimer
Eric Hermanny
bizarro esse filme, cruel, não sobrou ninguém, acho que não entendi, qual o sentido?
jeffyson balla
Sou de União dos Palmares kkk
Alexandre Lopes
Grande Eliézer Gomes, o eterno Tião Medonho (do Assalto ao Trem Pagador). Uma atuação memorável de alguém que nunca havia atuado e fora escolhido dentre mais de 100 candidatos ao papel.